QUE FASE...

Dois meses após contratar Patrick do Atlético, Santos já cogita negociar o jogador

Com baixo rendimento e salário considerado elevado, Santos já cogita colocar Patrick 'no mercado' dois meses depois de contratá-lo junto ao Galo


Publicado em 11 de junho de 2024 | 11:04
 
 
 

Sem conseguir render o esperado no Atlético, o meia Patrick segue em baixa e já pode ser 'colocado à disposição' no mercado pelo Santos cerca de dois meses depois de ter sido contratado pelo clube.

Para garantir a transferência de Patrick, o Santos acertou em abril a compra de 80% do passe do jogador junto ao Atlético por R$ 5,2 milhões, divididos em 12 parcelas de R$ 430 mil. Mas pode se ver 'obrigado' a abrir mão do atleta bem antes.

O motivo principal é o baixo desempenho de Patrick com a camisa do Santos: no total, foram apenas seis partidas disputadas, com uma única assistência.

Para piorar, o salário de Patrick é considerado elevado, ainda mais para o momento do Santos, que se encontra na Série B do Campeonato Brasileiro.

"Vamos confiar para que possa acontecer. Se não acontecer, as medidas serão adotadas e tomadas até julho deste ano quando vamos poder dar oportunidades a esses atletas estarem em outros clubes", afirmou Marcelo Teixeira, presidente do Santos, em entrevista à TV Bandeirantes.

Patrick, que tinha contrato com o Atlético até o fim de 2026, também não conseguiu engrenar no Galo. No total, disputou 48 partidas, sendo apenas 15 delas como titular. Marcou apenas um gol e deu duas assistências.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!