Duda Gonçalves
@otempo
04/05/21
14h50

Democrático

América: 15 jogadores de todos os setores marcaram gols na temporada

Ataque se sobressai com Rodolfo, mas conta com ajuda do meio-campo e da defesa, que marcaram 57% dos gols

Rodolfo é o artilheiro do time no Campeonato Mineiro com 5 gols marcados, e é o vice-artilheiro da competição ao lado de Daniel Amorim, do Tombense — Foto: Mourão Panda / América
Duda Gonçalves | @otempo
04/05/21 - 14h50

Em 14 jogos na temporada, o América marcou 21 gols. Média de apenas 1,5 gols por partida. Mas se a eficiência ofensiva está longe da ideal, Lisca não pode reclamar da distribuição dos gols no elenco. Ao todo, 15 jogadores de todos os setores do time balançaram as redes, seja no estadual ou na Copa do Brasil.

Assim como na última temporada, Rodolfo segue com o título de artilheiro do time, com 5 gols marcados, 24% dos tentos. O ataque do Coelho, com exceção de Rodolfo, é responsável por apenas quatro gols (19%), sendo que Felipe Azevedo, Ribamar e Marcelo Toscano anotaram gols.

Chama atenção que a vice-artilharia do time é dividida por dois jogadores de setores diferentes, o meio-campo e a defesa. Um reflexo da sintonia do time, em que todos possuem liberdade de chegar ao ataque. Prova disso é que a vice-artilharia é comandada por Alê.

O meio-campista, autor do primeiro gol na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no último domingo (2), balançou as redes duas vezes no estadual. Os companheiros de posição, Lucas Gabriel, Zé Ricardo e Bruno Nazário, são responsáveis por um gol cada.

A defesa americana não fica de fora. O lateral Diego Ferreira também anotou dois gols, um no Campeonato Mineiro e um na Copa do Brasil. Na lateral-esquerda, João Paulo tem presença mais tímida, marcou somente um gol. A presença marcante da defesa fica a cargo dos zagueiros.

Messias (que foi vendido ao Ceará), Joseph, Anderson e Ricardo Silva balançaram as redes. Os dois últimos, se aproveitando de uma jogada característica do América na temporada, a bola parada ofensiva: os dois gols marcados foram de cabeça.

Lisca afirmou que o jogo aéreo é um dos pontos trabalhados pelo time. “Estamos muito bem, ao contrário do passado que começamos com pouco aproveitamento da bola aérea ofensiva, esse ano estamos aproveitando muito bem, já evoluímos nesse sentido”, pontuou.

Problema resolvido?

Se diretoria e comissão técnica esperavam um melhor aproveitamento ofensivo na atual temporada, ao menos com relação às contratações, o resultado tem sido satisfatório. Dos dez jogadores contratados, três marcaram gols ou tiveram participação direta na jogada.

Responsável pelas bolas paradas do América, Bruno Nazário deu três assistências em jogos, além de marca um gol de falta - na vitória por 2 a 1 sobre o Coimbra -, enquanto Leandro Carvalho deu dois passes para gols.

Do considerado time titular, apenas três jogadores ainda não marcaram, o goleiro Matheus Cavichioli, o zagueiro Eduardo Bauermann e o volante Juninho, mesmo que este último esteja presente no ataque americano, ao atuar aberto pela ponta direita no esquema tático de Lisca.

Autores dos gols do América em 2021:

5 - Rodolfo 
2 - Alê
2 - Diego Ferreira
1 - Anderson
1 - Joseph
1 - Bruno Nazário
1 - Ricardo Silva
1 - Ribamar
1 - Ademir
1 - Lucas Gabriel 
1 - João Paulo
1 - Zé Ricardo
1 - Toscano
1 - Messias
1 - Felipe Azevedo

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000