Josias Pereira
@josiaspereira
23/10/21
22h14

Com o pé direito

Marquinhos Santos celebra estreia pelo América: 'placar poderia ter sido maior'

Treinador optou pela manutenção da estrutura do time alviverde e, com poucos treinos, pode ver empenho do elenco em relação às orientações

Marquinhos Santos estreou com vitória do América para cima do Santos por 2 a 0 — Foto: Luiz Martini / América
Josias Pereira | @josiaspereira
23/10/21 - 22h14

Marquinhos Santos teve a estreia perfeita à frente do América. Jogando fora de casa, conseguiu levar o Coelho a uma grande vitória sobre o Santos, na Vila Belmiro, por 2 a 0, gols de Ademir e Alê. Partida onde o treinador mexeu pouco no elenco, promovendo apenas a entrada do atacante Rodolfo e a sequência de Felipe Azevedo, com Mauro Zárate entrando em campo apenas na segunda etapa. 

Apesar de certos momentos de jogo truncado na Vila Belmiro, o Coelho teve controle da partida, especialmente na etapa final, quando já jogava no 11 contra 10 - o Santos teve Jean Mota após cerca de 40 segundos em campo no fim do primeiro tempo, fazendo penâlti em Ademir. Marquinhos analisou o comportamento de seu time no confronto e elogiou o empenho dos jogadores americanos para arrancar uma vitória importantíssima dentro da Vila. 

"Um grande jogo, uma grande vitória de um grupo que sabe onde quer chegar, um grupo que me acolheu muito bem. Esses jogadores têm demonstrado um empenho, uma dedicação e uma entrega com a camisa do América impressionante. Poucas equipes vêm na Vila Belmiro e conseguem tirar pontos do Santos e o América demonstrou a sua força, o seu valor", elogiou o novo comandante americano.

Marquinhos ressaltou ainda que executou poucos treinos.no time alviverde, mas que o time assimilou a única jogada trabalhada, resultando no gol de Alê, logo no início da etapa final. 

"Foram apenas três treinos, uma jogada programada e foi determinante para a vitória. Fico feliz por conta do nível de concentração desses atletas a ministrar a única jogada programada, pelo pouco tempo, mas que foi determinante. Os atletas são merecedores de tudo que estão construindo pelo América ao longo da temporada", ressaltou o treinador, em entrevista coletiva pós-jogo. 

Marquinhos Santos ainda comentou sobre ter mantido a espinha dorsal do América, que já vinha sendo trabalhada com Mancini. Carille esperava um América recuado, mas o Coelho foi agressivo, dando poucos espaços para as jogadas trabalhadas do Peixe, especiamente com Tardelli, tecnicamente o armador santista. Marquinhos gostou tanto da atuação que apontou na entrevista que o placar poderia ter sido maior para o Coelho. O time realmente teve chances para ampliar o marcador. 

"Nós mantivemos aquilo que o América vem realizando durante o Campeonato Brasileiro e no  perfil, no modelo que eu também agrego e gosto. Fiz algumas stiuações pontuais que no meu entendimento se faziam necessárias, onde cada treinador tem o seu modelo. Mas dei segmento naquilo que vem sendo feito e acredito muito nessa proposta e nesse modelo de jogo. O América é merecedor e foi merecedor o jogo inteiro quando estava no 11 contra 11 e depois no 11 contra 10 também, de maneira organizada, agressiva, soube explorar os pontos do Santos e poderia ter sido até um placar maior e melhor", disse Marquinhos Santos. 

"Fizemos um primeiro tempo em cima do Santos, marcando em bloco alto, não deixando o Santos pensar, não deixando o Santos jogar. Construímos o placar de 1 a 0. Logo no segundo tempo, em uma jogada de bola parada, de escanteio, fizemos o 2 a 0 e aí é natural que o Santos se lançasse ao ataque. Mesmo assim, o time teve comportamento tático, teve entrega, teve nível de concentração alto e soube também atuar em bloco baixo e explorar a situação de transição. É mérito dos atletas, que conseguiram, em pouco tempo, assimilar as informações que foram passadas", acrescentou o treinador. 

O América volta a campo no próximo sábado (30), às 21h, quando recebe o Fortaleza, no Independência, pela 29ª rodada. O time agora é o nono colocado, com 35 pontos e vai pavimentando o caminho para brigar por uma vaga na Copa Sul-Americana e também na Copa Libertadores caso os desdobramentos da temporada aumentam o número de classificados ao maior torneio de clubes do continente. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000