Fernando Martins y Miguel
@martinsymiguel
04/08/21
23h34

Passou

Galo perde quando pode, elimina o Bahia e está nas quartas da Copa do Brasil

Atlético joga mal o primeiro tempo, sofre dois gols, mas desconta na etapa final com Vargas e está classificado

Fernando Martins y Miguel | @martinsymiguel
04/08/21 - 23h34

Foi com emoção. Até mais do que deveria. Depois de uma vitória por 2 a 0 no jogo de ida, o Atlético foi derrotado pelo Bahia, em Feira de Santana, por 2 a 1, mas se classificou às quartas de final da Copa do Brasil.

Com Rossi e Juninho Capixaba, os donos da casa abriram 2 a 0, resultado que levaria a decisão por pênaltis, mas Vargas descontou no segundo tempo e colocou o Galo na próxima fase. 

Foi um jogo de dois tempos distintos. O Bahia mandou na partida no primeiro tempo. Já na segunda etapa, o Galo foi o dono das ações. A classificação foi justa pelo que o Atlético mostrou nos dois jogos contra o Tricolor baiano.

Um Atlético irreconhecível no primeiro tempo em Feira de Santana. Falhas, falta de criação, Hulk apagado, frango, gol no apagar das luzes. Teve de tudo nos primeiros 45 minutos de jogo no estádio Joia da Princesa.

A começar pelo frango de Everson, em chute de longe de Rossi, que abriu o placar para os baianos. A bola quicou embaixo do goleiro e morreu no canto esquerdo.

Com Nacho no banco e o meio-campo com Allan, Jair e Tchê Tchê, o Galo não conseguia armar jogadas. Finalizou pouco e Hulk teve dificuldades de conseguir alguma chance para marcar. O Bahia seguia incomodando e Everson chegou a se redimir da falha ao defender cabeçada à queim-roupa de Luiz Otávio.

Parte dos refletores do estádio se apagou e o jogo foi paralisado faltando um minuto para o fim do primeiro tempo. Os jogadores concordaram em retomar a partida, mesmo com a luminosidade um pouco menor. E gol do Bahia, após cruzamento da esquerda, Juninho Capixaba cabeceou entre Réver e Alonso.

No segundo tempo, o Atlético voltou outro. Com Nacho Fernández em campo, Borrero e Vargas, o time passou a encurralar o Bahia em seu campo de defesa. E não demorou muito para chegar ao gol com Vargas, escorando de cabeça cruzamento de Dylan Borrero.

 

Bahia 2 x  1 Atlético

Motivo: jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil 2021

Local: estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA)

Gols: Vargas (A); Rossi e Juninho Capixaba (B)

Cartões amarelos: Vargas (A); Luiz Otávio, Tony Anderson  (B)

Bahia

Matheus Teixeira; Nino Paraíba, German Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Patrick de Lucca, Daniel, Lucas Mugni (Tony Anderson) e Rodriguinho (Oscar Ruiz); Gilberto e Rossi (Ronaldo). Técnico: Dado Cavalcanti

Atlético

Everson; Mariano (Guga), Réver, Alonso e Dodô; Jair (Neto), Allan e Tchê Tchê (Vargas); Savarino (Borrero), Hulk e Sasha (Nacho Fernández). Técnico: Cuca

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000