Gabriel Pazini
@superfcoficial
04/09/19
17h59

Concorrência forte

Wilson comenta disputa com Victor e Cleiton e se dispõe a bater pênaltis

Novo goleiro do Atlético vê ídolo alvinegro como referência na posição e prega muito trabalho

Wilson pregou respeito ao ídolo alvinegro Victor — Foto: Bruno Cantini/Atlético
Gabriel Pazini | @superfcoficial
04/09/19 - 17h59

Apresentado nesta tarde na Cidade do Galo como novo reforço do Atlético, o goleiro Wilson, contratado de forma emergencial por conta das lesões de Victor, Uilson e Michael e da convocação de Cleiton para a seleção olímpica, provavelmente será titular neste domingo, no duelo com o Botafogo, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, depois desta partida, com o retorno de Cleiton, que estará disponível para o técnico Rodrigo Santana, é provável que o arqueiro emprestado pelo Coritiba vá para o banco de reservas e passe a brigar para ter novas oportunidades de ser titular.

Perguntado sobre a briga com Cleiton e uma possível disputa com Victor, Wilson deixou claro que chega para ajudar o Galo, pregou respeito ao ídolo atleticano e também se colocou à disposição para bater pênaltis. O goleiro é cobrador e balançou as redes dez vezes pelo Coxa. 

"Sobre o Victor, ele é uma referência não só para o torcedor do Atlético, mas para todos nós da posição, para todo goleiro. Ele tem uma história fantástica aqui, mas infelizmente está passando por um momento de lesão. O Cleiton é um grande goleiro que vem despontando e tem muita qualidade. Os outros também são grandes goleiros. Eu sou mais um que está chegando para ajudar. Quem estiver à disposição vai fazer o seu melhor. Estou vindo para ajudar o Victor e o Cleiton e eles vão me ajudar também. Juntos vamos crescendo e quem estiver apto e for escolhido para jogar vai fazer o seu melhor", destacou o jogador.

"Todos sabem que é uma responsabilidade muito grande substituir um ídolo como o Victor, mas estou pronto para essa oportunidade. Sou mais um junto com os outros goleiros para fazer meu trabalho da melhor forma possível e dar o meu melhor", completou.

"Sempre tive a qualidade de trabalhar bem com os pés. Comecei a bater pênalti no Figueirense em 2009, quando passamos por um momento de muitos pênaltis perdidos. Na época, o treinador Roberto Fernandes me deu a primeira oportunidade e fiz meu primeiro gol de pênalti e também um gol de falta, e no Coritiba a mesma coisa. Perdemos pênaltis em alguns momentos e, depois desses pênaltis perdidos virei o batedor oficial e só errei um pênalti. Estou à disposição também nessa situação se tiver essa oportunidade. Estou pronto para ajudar, mas primeiro é preocupar com a função de goleiro, defender. Essas coisas de pênalti, falta, vamos trabalhando no dia a dia", comentou.

Wilson assinou contrato de empréstimo por quatro meses com o Atlético, que vai arcar com os salários do goleiro. Ele já está no BID da CBF e tem condições de enfrentar o Botafogo pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000