Josias Pereira
@josiaspereira
26/02/21
07h00

Rivais de tradição

Cruzeiro: maior Série B de todos os tempos terá 5 campeões e 12 taças na elite

Raposa terá desafio ainda maior na atual temporada para voltar à primeira divisão nacional

Série B será osso duro de roer em 2021 — Foto: Reprodução / Twitter
Josias Pereira | @josiaspereira
26/02/21 - 07h00

Apesar de o Vasco ainda possuir alguma esperança de obter uma decisão favorável do STJD em relação à arbitragem do confronto contra o Internacional, o clube cruzmaltino foi rebaixado matematicamente à segunda divisão na noite dessa quinta-feira (25). O time venceu o Goiás por 3 a 2, em São Januário, mas o placar foi insuficiente para tirar a larga vantagem de gols do Fortaleza, que também terminou a disputa com 41 pontos, mas na 16ª posição. 

Com o rebaixamento vascaíno, o Cruzeiro terá pela frente a maior Série B de todos os tempos. O torneio, além da própria Raposa e do time cruzmaltino, reunirá simplesmente cinco campeões brasileiros, com 12 títulos somados em disputa. São quatro para Cruzeiro e Vasco cada, além de dois títulos do Botafogo, um do Guarani e também um do Coritiba.

A competição ainda contará com a presença de times tradicionais do futebol nacional, como Avaí, Goiás, Vitória, Náutico, Ponte Preta, além do CSA, que recentemente disputou a primeira divisão exatamente no ano da queda celeste. O torneio ainda traz o retorno do Remo, que conseguiu o acesso após dolorosa passagem pela Série C. Dos times que estarão no certame, o Cruzeiro terá apenas um confronto inédito: o encontro com o Brusque, de Santa Catarina. 

A Raposa terminou a última Série B na 11ª posição, com 49 pontos, tornando-se o primeiro dos times grandes do futebol nacional a não conseguir o famos 'bate e volta' desde que a competição passou a ser disputada nos pontos corridos. 

Por regiões

Mais uma vez, o Nordeste vai dominar a competição, só que, desta vez, a região terá a companhia do Sul do país, ambos com seis representantes. No Nordeste figuram CSA, CRB, Vitória, Confiança, Náutico e Sampaio Corrêa, enquanto que no Sul do país estarão na disputa Brasil de Pelotas, Coritiba, Operário, Londrina, Brusque e Avaí. 

O Sudeste vem logo na sequência, com cinco times: Cruzeiro, Vasco, Botafogo, Ponte Preta e Guarani. O Centro-Oeste terá a dupla goiana Goiás e Vila Nova, enquanto o Norte será representado pelo Remo. 

Depois do Cruzeiro, Botafogo, Vasco, Coritiba e Goiás também vão conhecer a realidade de disputar a Série B sem a cota de televisão da Série A. Os valores continuarão no mesmo patamar, com os times recebendo cerca de R$ 6 milhões, já que cerca de R$ 2 milhões são destinados ao custo operacional e de logística do torneio. Assim como o Cruzeiro, os times de tradição que vão disputar a segundona deverão aderir ao dinheiro do PPV como forma de arrecadar ao menos um valor superior ao destinado com a cota fixa. 

A Série B 2021: 

Avaí (SC) 

Botafogo (RJ)

Brasil de Pelotas (RS)

Brusque (SC)

Confiança (SE)

Coritiba (PR)

CRB (AL) 

Cruzeiro 

CSA (AL)

Guarani (SP)

Goiás (GO) 

Londrina (PR) 

Náutico (PE) 

Operário (PR) 

Ponte Preta (SP) 

Remo (PA) 

Sampaio Corrêa (MA)

Vasco (RJ) 

Vitória (BA) 

Vila Nova (GO)

 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000