Josias Pereira
@Supernoticiafm
12/04/19
08h02

Clássico

Galo em crise? Cruzeiro toma cuidados para aproveitar momento do rival

Raposa vive momento de alta, apresenta futebol envolvente e qualidade ofensiva, e pega o Atlético com sérios problemas e foco pouco voltado a decisão

Josias Pereira | @Supernoticiafm
12/04/19 - 08h02

No Cruzeiro, o céu segue de brigadeiro. Invicto no ano e com dez vitórias seguidas, a Raposa é fruto de seu equilíbrio e chega, embalada, ao primeiro momento decisivo da temporada: a final do Campeonato Mineiro frente ao rival Atlético. 

A sensação do torcedor é que o Cruzeiro chega à final a 200 km por hora e se depara com um rival em baixa velocidade. Essa confiança tem seu lado benéfico. Atesta a qualidade do time, que vem provando ser extremamente confiável em ambos os setores do campo.

Na Libertadores, por exemplo, a média é de um gol a cada duas finalizações certas, a melhor marca do torneio continental ao lado do Inter. Em contrapartida, o “Footstats” aponta que pela Copa Libertadores o rival Atlético é vazado com menos de duas finalizações certas ao gol de Victor (1,8).

“Acho que é importante ter uma equipe forte ofensivamente, que vem fazendo os gols, mas a gente tem a consciência de que todos precisam se doar na marcação, evitar ao máximo os gols porque a temporada vai se afunilar, os jogos grandes vão começar a ser normais”, analisa Fábio, que ao lado do sistema defensivo celeste não foi vazado na Copa Libertadores. 

O Cruzeiro ainda pode aproveitar-se de outros fatores para, inclusive, abrir vantagem. Além da bola rolando, com as dificuldades que os alvinegros encontram contra times que propõem o jogo, o Atlético chega às vésperas da decisão com foco em diversas situações de bastidores, menos na partida em si. Um novo diretor de futebol foi anunciado. Rui Costa rompe com o trabalho que vinha sendo executado por Marques. Além disso, o time terá que lidar com um novo comando técnico, que terá que reavivar o ânimo do elenco, também envolto em conflitos internos.

Mas, como todo o clássico, o Cruzeiro não se ilude. O discurso dos atletas é de serenidade e de disputa igual contra o rival. 
“Estamos experimentados. A gente não vai analisar a situação deles, temos que analisar a nossa. Esquecer o que nós fizemos, eles também vão esquecer o que estão passando independentemente da situação de ambas as equipes. Vai ser um clássico bem difícil, como sempre foi na história. A gente vai em busca desse bicampeonato”, disse o atacante Fred, que chega ao duelo contra seu ex-time com 14 gols marcados em 14 partidas no ano.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000