Thiago Fernandes
@OTEMPO
14/10/21
12h33

Cadê o presidente?

Greve no Cruzeiro: diretoria se silencia, e elenco aguarda manifestação

Em meio à crise histórica no clube, presidente Sérgio Santos Rodrigues se reuniu com figuras do futebol em Lisboa para assistir a jogos do Brasileirão na noite passada

Sérgio Santos Rodrigues é o 35º presidente da história do Cruzeiro — Foto: Cristiane Mattos / O Tempo
Thiago Fernandes | @OTEMPO
14/10/21 - 12h33

A diretoria do Cruzeiro não se manifestou sobre o anúncio de greve do elenco por causa dos atrasos salariais. A falta de resposta pública foi replicada também nos bastidores. Sem diretor de futebol, o clube não teve uma figura que se posicionasse internamente diante da reclamação dos jogadores por seis meses de pendências na Toca da Raposa.

Até a manhã desta quinta-feira (14), o elenco não havia recebido uma resposta da diretoria sobre as questões financeiras. A falta de diálogo irrita os jogadores, sobretudo os líderes do plantel, responsáveis por iniciar o motim contra a diretoria.

Há bastante insatisfação pela ausência de pagamentos também a colaboradores que possuem salários mais baixos. Os atletas têm se reunido a fim de arcar com as despesas dos funcionários do clube.

Em meio à crise, o presidente Sérgio Santos Rodrigues, que se tornou o porta-voz do esporte após a debandada do departamento de futebol (Pedro Moreira e Rodrigo Pastana se desligaram do clube), estava em Portugal para uma palestra sobre gestão moderna. Na noite dessa quarta-feira (13), ele se reuniu com agentes e dirigentes de outros clubes em Lisboa para assistir aos jogos do Brasileirão.

Visivelmente incomodado com a situação do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues pouco falou sobre o ocorrido durante a reunião, que se estendeu até a madrugada desta quinta-feira em terras europeias. O mandatário deixou o local após os jogos acompanhado do proprietário do Boston City, Renato Valentim, e do diretor de futebol Alexandre Mattos, que é um dos seus desejos para o cargo de executivo em 2022.

Na manhã desta quinta-feira, ele viajou a Belo Horizonte. A ideia de Sérgio Santos Rodrigues é se reunir com o grupo de jogadores logo após a sua chegada à capital mineira. O mandatário espera o encontro para explicar o que pretende fazer em relação ao pagamento de atletas.

Antes das saídas de Rodrigo Pastana e Pedro Moreira, o presidente já estava isolado do futebol cruzeirense. O técnico Vanderlei Luxemburgo é quem tem feito o papel de gerir o vestiário em meio à crise financeira. O treinador se reúne constantemente com o empresário Pedro Lourenço para tentar viabilizar recursos para a próxima temporada. A intenção é que o clube mantenha os salários em dia e consiga buscar reforços para 2022.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000