Josias Pereira
@josiaspereira
26/09/20
00h16

Lamentações

Ney Franco define nova derrota do Cruzeiro como jogo de 'incompetência ofensiva'

Treinador destacou a superioridade que o time teve em termos de posse, mas lamentou a pouca efetividade diante do Avaí

Técnico celeste lamentou pouca criação do time em derrota para o Avaí — Foto: Ramon Bittencourt / O Tempo
Josias Pereira | @josiaspereira
26/09/20 - 00h16

O técnico Ney Franco definiu a atuação do Cruzeiro em mais uma derrota na Série B, dessa vez para o Avaí, por 1 a 0, na noite dessa sexta-feira, no Mineirão, como um jogo de incompetência ofensiva, estendendo esse 'puxão de orelha' não só aos atacantes, que seguem longe de balançar as redes, mas também de todo o time. A Raposa, mesmo controlando a posse de bola, foi incapaz de superar os catarinenses. 

"Hoje a gente tentou entrar por diversas vezes na área do adversário, em alguns momentos pelo centro, estava muito congestionado, a gente conseguia girar e nos cruzamentos, a equipe adversária ganhou todas essas bolas de cabeça. Então na realidade foi um jogo de incompetência ofensiva, quando eu falo esse termo não está incluído apenas aos atacantes da equipe, mas a equipe como todo", disse o treinador. 

"A gente tem que falar dentro da realidade do jogo, você (jornalista) iniciou sua pergunta falando da superioridade em termos de posse de bola, jogamos dentro do campo do adversário, mais uma vez foi um jogo, posso falar da minha terceira participação como treinador, que a gente teve volume de jogo, mas a gente criou muito pouco", comentou também o treinador. 

Foi o terceiro jogo de Ney Franco no comando do Cruzeiro, com o time perdendo o segundo jogo seguido. O comandante explicou algumas de suas orientações ao elenco antes da partida, mas voltou a salientar que o erro da equipe foi na criação de jogadas. 

"Na palestra, a gente alertou que as duas jogadas mais fortes do Avaí seriam a bola parada, a gente mudou a nossa forma de marcação, e outra era a questão do contra-ataque, evitar erros no ataque, no setor de meio-campo, na saída de bola errada, infelizmente no segundo tempo acabamos tomando o gol dessa forma, na única vez que o adversário foi no nosso gol. Significa que mesmo a  gente tendo a bola, acho que o erro maior foi a não termos criado oportunidades de gol", disse Ney Franco.

O Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara a Ponte Preta, também no Mineirão, pela 12ª rodada da Série B. Com oito pontos na tabela, a Raposa pode acabar a atual jornada, a 11ª, na zona de rebaixamento. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar

Leia também:

Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000