Josias Pereira
@superfcoficial
23/08/19
17h11

Batalha pela titularidade

Volta de Fred ou sequência de Pedro Rocha? Cruzeiro tem disputa na frente

Ataque celeste emplaca gols e vive 'luta' por um lugar no onze inicial

Pedro Rocha segue como titular no ataque celeste? — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @superfcoficial
23/08/19 - 17h11

Na primeira escalação de Rogério Ceni como técnico do Cruzeiro, a preferência no ataque ficou pela utilização de Pedro Rocha jogando como um homem mais adiantado e trabalhando a velocidade de Marquinhos Gabriel e David. Mas ter um jogador a mais em campo diante do Peixe fez com que Ceni optasse pela entrada de Fred como referência. E logo, o atacante que amargava um longo jejum de gols, voltou a balançar as redes, marcando seu 17º gol na temporada. Para a partida contra o CSA, no próximo domingo, reside agora a dúvida sobre qual ataque Ceni vai mandar a campo, com uma grande possibilidade de manter a ideia inicial. 

Pedro Rocha comentou sobre o retorno dos gols de Fred e disputa que se cria por vagas no setor ofensivo. "Concorrência ali no ataque é sempre bom. Isso mostra que todo mundo tem qualidade, todos estão prontos e à disposição do Rogério ali. A gente fica feliz por isso e eu tenho certeza que todos estão aqui para ajudar ao Cruzeiro", disse o jogador, que deixou sua marca no empate com o Avaí por 2 a 2, pela 14ª rodada do Brasileirão. 

Ao seu favor, Pedro já possui uma vantagem: a velocidade que Rogério Ceni tanto preza. Mas ele não vê isso como garantia de presença no time. "Acredito que sim (estilo de jogo favorece) porque ele gosta bastante de velocidade e minha característica de jogo é a velocidade. Estou à disposição dele no que for preciso, já deixei bem claro que onde ele quiser me usar no ataque, eu vou estar disposto, vou estar pronto para fazer o meu melhor sempre porque todos nós temos que estar preparados para todas as situações", salientou o atacante. 

E sobre a formação ofensiva, Pedro também destacou que não tem preferência por um estilo de jogo preferido. O que importa para ele é estrar em campo. O jogador já fez quatro gols pelo Cruzeiro e teve atuações diversas na Raposa, alternando jogar como um ponta de velocidade ou atuando como referência no ataque. "A (formação) que der resultado, que faça gols, que vença as partidas. Eu estando dentro de campo e podendo ajudar sou muito feliz. Todo jogador quer jogar e comigo não é diferente, ali dentro de campo se eu vou estar por dentro, falso 9, pelos lados, eu quero estar jogando", disse Pedro Rocha. 

A certeza é de que depois da saída de Mano Menezes, o ataque do Cruzeiro voltou a balançar as redes, com quatro gols em duas partidas, sendo que três desses tentos foram marcados por homens de frente - o próprio Pedro Rocha, Sassá e Fred. 

"Incomoda para nós, atacantes, ficar tanto tempo sem fazer gols, a gente nunca quer isso, a gente não trabalha para isso. Trabalhamos para sempre fazer o melhor, fazer gols, mas às vezes a bola não entra, as coias não acontecem, a gente fica chateado por ter ficado tantos minutos sem fazer gols. Mas agora as coisas mudaram e tenho certeza que a rede vai voltar a balançar mais vezes", concluiu o jogador. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000