'propriedade do povo'

Adolescentes são detidos por matar e comer cisne nos EUA

Os suspeitos também sequestraram seus quatro filhotes e tinham a intenção de criá-los como animais de estimação

Por Agências
Publicado em 01 de junho de 2023 | 19:56
 
 
 
normal

Três adolescentes foram presos no nordeste dos Estados Unidos depois que supostamente mataram e comeram um cisne que pensavam que era um pato, informou a polícia.

A ave, conhecida como Faye, foi morta no fim de semana em uma lagoa em Manlius, subúrbio de Syracuse, estado de Nova York, afirmou o departamento de polícia local em um comunicado.

Os suspeitos também sequestraram seus quatro filhotes e tinham a intenção de criá-los como animais de estimação, contou aos jornalistas o sargento Kenneth Hatter, da polícia de Manlius.

Os filhotes de cisne foram encontrados vivos em uma loja próxima, onde trabalhava um dos suspeitos, e também em uma residência particular.

A cisne Faye, no entanto, teve menos sorte. "A família e os amigos consumiram o cisne adulto. Acreditaram que era um pato muito grande", disse Hatter em coletiva de imprensa na terça-feira.

"Não sabiam que não era um animal selvagem, que na realidade era propriedade do povo de Manlius", acrescentou.

Os suspeitos, de 18, 17 e 16 anos, foram presos por acusações que incluem crime contra a propriedade, roubo e invasão, disse Hatter.

Os cisnes são um símbolo de Manlius, um pequeno povoado de aproximadamente 4.600 habitantes, desde que foram introduzidos pela primeira vez em sua lagoa no início do século XX, assinalaram as autoridades.

"É triste", disse o prefeito Paul Whorrall à imprensa local. "É como perder um membro da família".

(AFP)
 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!