EUA

Idosa de 87 anos luta com assaltante e oferece biscoitos depois de ele se cansar

Vizinhos deram um bastão para ela se defender caso ocorra um novo assalto

Por Agências
Publicado em 03 de agosto de 2023 | 07:33
 
 
 

Marjorie Perkins, de 87 anos, estava dormindo em uma madrugada da última semana quando viu um adolescente invadir sua casa em Brunswick, no estado americano de Geórgia. O intruso de 17 anos ameaçou esfaqueá-la e logo a atacou, levando os dois a se enfrentarem fisicamente.

Sozinha na residência, a idosa usou uma cadeira como escudo, mas teve a testa atingida por um soco e sofreu outros golpes. "Ele disse: 'Vou cortar você'", contou Perkins ao jornal local Times Record. "Eu estava gritando por ajuda pela janela. Graças a Deus tinha a cadeira entre nós. Poderia ter sido pior".

Ex-professora do ensino fundamental, Perkins disse que nenhum vizinho escutou suas súplicas por socorro, mas que o adolescente em dado momento se cansou do conflito e foi até a cozinha. De pés descalços, o jovem então revelou que estava com "muita fome". A idosa prontamente ofereceu comida a ele.

"Ele contou que não comia nada há um bom tempo. E eu disse: 'Bem, aqui está uma caixa de manteiga de amendoim e biscoitos de mel. Você pode ficar com essa caixa inteira'".

Enquanto o adolescente comia, a idosa discou 911 (número da polícia nos EUA) em seu telefone antigo, de modelo rotativo. "Disquei o mais rápido que pude", disse.

Preocupado com a ligação, o garoto saiu da residência antes da chegada das autoridades. Mas acabou sendo encontrado a alguns quarteirões de distância do local por um cão da polícia de Brunswick. Foi levado para o Centro de Desenvolvimento Juvenil de Long Creek e acusado de roubo, ameaça, agressão e consumo de bebidas alcoólicas por um menor.

Perkins contou que o jovem estava com uma garrafa d'água cheia de uma bebida alcóolica e que ele invadiu a residência pela caixa de entrada do ar-condicionado. Ela ainda afirmou que, no passado, ele cortava grama para ganhar dinheiro. "Espero que ele receba ajuda", frisou.

Após o ataque, Perkins recebeu um bastão de um vizinho para se defender e ordenou o reforço do buraco do ar-condicionado da casa para evitar novos arrombamentos.

(Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!