Guerra

Rússia bombardeia Kiev logo após réveillon

Explosão foi ouvida às 0h35, horário da Ucrânia; presidente Zelensky afirma que país lutará até a vitória

Por Agências
Publicado em 31 de dezembro de 2022 | 20:50
 
 
 

Kiev, Ucrânia. Uma explosão foi sentida sobre Kiev, menos de uma hora após a passagem do ano, informou o prefeito da capital ucraniana, segundo o qual o sistema de defesa aérea "atuou" para proteger a cidade dos disparos russos.

"Explosão ouvida na capital. A defesa aérea está (operacional)", informou Vitali Klitschko pela rede Telegram após a detonação, ouvida por volta da 00h35 local (19H35 de Brasília). Ao longo do dia, vários ataques foram registrados no país, ignorando as festividades da passagem de ano.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, assegurou, neste sábado (31), em mensagem de fim de ano, que a Ucrânia vai continuar lutando até a "vitória" na guerra contra a Rússia e até recuperar todos os territórios ocupados ou anexados por Moscou. (Francepress)

"Lutaremos e continuaremos lutando. Para tornar realidade esta palavra: a vitória", declarou Zelensky em seu discurso de fim de ano, no qual disse esperar que 2023 seja "o ano da recuperação (...) das nossas terras".

O ano de 2022 foi aquele em que a "Ucrânia mudou o mundo", acrescentou Zelensky, referindo-se à resistência frente à invasão russa.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!