COM RECURSOS PÚBLICOS

'Rodovia da morte': edital de duplicação da BR-381 está previsto para este mês

A duplicação no trecho entre Belo Horizonte e Caeté será realizada com recursos do Governo Federal; já o trecho até Governador Valadares terá edital de concessão à iniciativa privada divulgado nos próximos meses

Por Mariana Cavalcanti e Hermano Chiodi
Publicado em 09 de abril de 2024 | 12:00
 
 
 
normal

O edital para duplicação da BR-381, no trecho que compreende Belo Horizonte a Caeté, está previsto para ser publicado ainda em abril. As intervenções no trecho serão executadas com recursos públicos. A informação foi confirmada pelo Ministério dos Transportes. 

Ainda conforme o ministério, o edital de concessão do trecho de Caeté a Governador Valadares da conhecida "Rodovia da Morte" deve ser publicado nos próximos meses, para que o leilão ocorra em julho ou agosto deste ano. O Governo Federal aguarda autorização do Tribunal de Contas da União (TCU) para divulgação. 

A retirada do trecho em BH e Caeté do edital de concessão é uma estratégia do governo para atrair o investimento de empresas, que não demonstraram interesse nos últimos três editais publicados. O trecho em questão tem sido considerado prejudicial pelas empresas devido à quantidade de ocupações irregulares nas margens da rodovia.

 

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!