Gabriel Pazini e Lohanna Lima | Enviados Especiais | Rosario, Argentina
@SuperFCoficial
18/09/19
15h02

Confusão nos bastidores

Após Galo exigir 4 mil ingressos, Colón reclama na Conmebol: só venderam 35

Para cumprir o regulamento da competição, o Colón precisou colocar a torcida do Atlético em um setor com capacidade para 7 mil torcedores

Gabriel Pazini e Lohanna Lima | Enviados Especiais | Rosario, Argentina | @SuperFCoficial
18/09/19 - 15h02

O clima nos bastidores da primeira partida da semifinal da Copa Sul-Americana, entre Colón, da Argentina, e Atlético segue quente. Dois dias após o Galo exigir que o regulamento da competição que dá direito ao time visitante a ter 4 mil ingressos fosse cumprido, nesta quarta-feira (18), os argentinos enviaram à Conmebol uma reclamação contra essa exigência, já que segundo eles, apenas 35 ingressos para atleticanos foram vendidos.

Na última segunda-feira (16), o Galo fez uso do artigo 97 do regulamento da Copa Sul-Americana, pedindo a Conmebol os 4 mil ingressos a que tem direito. O requerimento foi acatado a contra-gosto pela diretoria do Colón, que com essa obrigação precisou alterar o local onde normalmente fica a torcida visitante em seu estádio, o Brigadier General Estanislao López, ou popularmente conhecido como Cemitério de Elefantes.

Dessa forma, o setor que a torcida do Atlético vai ficar, cabem na verdade 7 mil torcedores, três mil a mais que o necessário, diminuindo assim a quantidada de torcedores do Colón. Seria tudo ok, mas o Colón está bem irritado porque na pré-venda de ingressos, só 35 atleticanos compraram bilhetes.

Diante disso, a diretoria do clube argentino enviou uma nota pra Conmebol pedindo que a distribuição dos espaços seja modificada. O time argentino quer que o Atlético ou pague pelos 4 mil ingressos que pede, ou saia do setor sul (onde cabem 7 mil torcedores) e fique no setor sul-oeste, de cimento (tipo as arquibancadas antigas do Mineirão), onde cabem 1.500 pessoas. Assim, o Colón teria quase mais 6 mil lugares a mais para sua torcida.

Diante desse imbróglio, o Super.FC apurou com uma fonte ligada ao Atlético, que o clube não está preocupado com isso, pois está apenas fazendo uso do regulamento. Ou seja, o provável é que o Galo siga no setor de 7 mil torcedores com os 4 mil ingressos

Apesar disso, já se sabe que alguns torcedores da Galoucura estão parados na fronteira para o Paraguai porque estão sem o cartão de vacina. Esses torcedores teriam deixado para comprar seus ingressos no local da partida, o que aumentaria o contingente atleticano em Rosário. 

Vale lembrar, que para as partidas das semifinais da Copa Sul-Americana, as exigências da Conmebol são que os estádios que receberão as partidas tenham a capacidade mínima de 30 mil lugares, porém, devem ceder uma carga total de 4 mil entradas para os visitantes e não 10% da carga como diz o Estatuto de Defesa do Torcedor, no Brasil.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000