Josias Pereira
@superfcoficial
10/10/19
18h00

Futebol

Itair Machado deixa vice-presidência do Cruzeiro, e Zezé Perrella assume

Dirigente encontrou-se com os jogadores na Toca da Raposa II na tarde desta quinta-feira (10) e confirmou sua saída do clube

Itair Machado deixa o cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Josias Pereira | @superfcoficial
10/10/19 - 18h00

Chegou ao fim a era Itair Machado no Cruzeiro. Um dos braços direitos de Wagner Pires desde a época da campanha eleitoral à presidência do clube, Itair teve confirmada sua saída pelo próprio clube. A situação do vice-presidente foi colocada em xeque desde a matéria veiculada pelo Fantástico, no dia 26 de maio, que expôs as denúncias contra a atual gestão celeste e colocou o ex-presidente do Ipatinga como um dos principais envolvidos. Ele acabou pedindo demissão do cargo. 

O Super FC, no entanto, obteve a informação mais cedo de que a carta de renúncia do dirigente já estava pronta, aguardando apenas a confirmação das partes. O repórter Artur Moraes, da Rádio Super, adiantou em noticiário que existe a possibilidade de que Zezé Perrella assuma a condição de vice-presidente de futebol. A informação também foi confrimada por meio de nota oficial. O ex-presidente assumirá o cargo por um período determinado, cancelando a reunião do próximo dia 21, que poderia definir o afastamento de Wagner Pires, e o adiantamento das eleições para a presidência do clube para janeiro de 2020. 

Itair Machado encontrou-se com os jogadores na Toca da Raposa II na tarde desta quinta-feira (10) e confirmou sua saída do clube, despedindo-se de atletas e funcionários. A saída de Itair deveu-se muito a uma espécie de acordo entre situação e oposição, que via o dirigente como principal entrave para situações dentro do clube, como principalmente a obtenção de investidores. 

Um dos temas de questionamento envolvendo Itair era seus altos salários no clube. O presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, divulgou publicamente que Itair recebia R$ 180 mil. Porém, com as premiações pelos títulos conquistados, o dirigente recebeu R$ 3 milhões do Cruzeiro no primeiro ano da gestão Wagner Pires. 

Itair ainda foi figura chave na denúncia levantada pelo Fantástico, quando da assinatura por parte do Cruzeiro de um empréstimo com um empresário tendo como garantia os direitos econômicos de dez jogadores, do elenco profissional e categorias de base, prática proibida pela Fifa. Dentre os jogadores estevam Estevão Willian, de 12 anos, apelidado de Messinho. Na época, Itair disse que a situação era normal e totalmente adequada, mesmo envolvendo um menor de idade. 

Nesta temporada, Itair foi suspenso pelo STJD e depois foi afastado do cargo pela Justiça Comum. Mesmo assim, ele assumiu a condição de assessor da vice-presidência, retornando à sua função como vice-presidente de futebol após liminar judicial no mesmo dia que o time foi eliminado pelo Internacional, na semifinal da Copa do Brasil. Foi ele que anunciou a saída de Rogério Ceni e a contratação de Abel Braga. 

Matéria atualizada às 20h02

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000