Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Em 3D

Brasileiro ajuda a reconstruir face de Eva de Naharon

Trabalho realista em fóssil mais antigo das Américas contou com auxílio do designer Cícero Moraes

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Capturar.JPG
Cícero Moraes foi procurado para fazer reconstrução do crânio de Eva
PUBLICADO EM 17/08/18 - 20h02

O rosto de Eva de Naharon – fóssil mais antigo das Américas – foi reconstruído graças a tecnologia 3D. Os restos mortais da ancestral encontrados no México, que remontam de 13,6 mil anos, foram localizados há 17 anos. O trabalho realista foi feitos nas últimas semanas com a participação de um brasileiro. O designer Cícero Moraes é especialista em reconstituir digitalmente faces realistas de personalidades históricas e religiosas. 

“O trabalho feito é congruente e preciso com as características físicas dos habitantes do sul da Ásia, ou seja, coincide com estudos antropológicos e de DNA realizados em fósseis humanos encontrados nessa região, todos apontando para uma ascendência asiática”, afirmou à BBC News Brasil o espeleólogo e investigador subaquático Octavio del Río, pesquisador e líder da equipe que descobriu a ossada, em 2001.

De acordo com pesquisas realizadas após a descoberta, Eva viveu na região de Yucatán e era caçadora-coletora. O esqueleto foi encontrado no cenote de Naharon, estava a 22,6 metros de profundidade e tinha 80% da estrutura original preservada.

Estimativas

Conheça. Eva de Naharon media 1,41 m de altura e tinha de 20 a 25 anos quando morreu, segundo análises dos cientistas. Entre 2002 e 2008, três laboratórios diferentes fizeram testes de datação. A idade encontada é de 13,6 mil anos. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Em 3D

Brasileiro ajuda a reconstruir face de Eva de Naharon
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter