Gabriel Pazini
03/11/19
14h42

Boas apostas

Da base, Cacá, Fabrício Bruno e Éderson se destacam no Cruzeiro

Em meio a medalhões, trio está sendo fundamental para a recuperação do time celeste no Brasileirão

Cacá — Foto: ANDRé MELO ANDRADE/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Gabriel Pazini
03/11/19 - 14h42

Neste Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro chegou a ter sequências de 11 e oito jogos sem uma vitória sequer, além de 73% de chances de cair para a Série B. Em alguns momentos, uma recuperação parecia impossível e a inédita queda, inevitável. 

Sal grosso, promessas... O apaixonado torcedor celeste fez de tudo para tentar ajudar seu time, mas a equipe não dava indício algum de melhora. Para piorar, a crise política e o clima nos bastidores interferiam negativamente dentro de campo. As organizadas celestes passaram a cobrar de forma mais pesada e ocorreu até invasão na Toca da Raposa II.

Com o clima ruim e a péssima fase, o fim parecia próximo, mas tudo mudou no último mês. E, nesses momentos, se espera que grandes craques e jogadores experientes irão resolver e melhorar a situação. No Cruzeiro, porém, não foi Thiago Neves, Fred, Henrique, Robinho, ou outros grandes nomes, e sim os garotos revelados nas categorias de base que transformaram o drama em alívio.

Afinal, se a Raposa ganhou fôlego, está invicta há sete jogos e, na 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, se encontra fora da zona de rebaixamento, que ocupou nas últimas dez jornadas da competição, muito se deve ao trio Cacá, Fabrício Bruno e Éderson. Os dois primeiros formam uma boa dupla de zaga, enquanto o terceiro transformou o meio-campo estrelado.

Substituindo "apenas" Dedé, um dos grandes ídolos da torcida, o jovem Cacá superou um momento difícil para brilhar. No começo do ano, ele foi flagrado com drogas em uma blitz, mas recebeu o apoio da diretoria e do elenco para seguir no clube e se recuperar. A recompensa veio na última rodada, quando ele marcou seu primeiro gol como profissional na vitória sobre o Botafogo, que tirou a Raposa do Z-4. 

Seu parceiro, Fabrício Bruno, também vem acumulando boas atuações. Ele, porém, vai cumprir suspensão contra o Bahia, neste domingo (3), às 19h (de Brasília), no Mineirão, e será substituído por outro jogador formado na base celeste: o experiente Léo.

Já no meio-campo, o volante Éderson, de 20 anos, está brilhando e transformou o setor. Não à toa, Zezé Perrella já se preocupa em segurar o talentoso jogador, alvo de clubes estrangeiros, na próxima temporada.

No meio de medalhões, quem está salvando o Cruzeiro são seus garotos formados na Toca da Raposa.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000