Super.FC
@otempo
25/11/21
21h40

Rio 2016

Nuzman, ex-presidente do COB, é condenado a mais de 30 anos de prisão

A prisão foi decretada pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas

Aos 79 anos, o ex-presidente do COB ainda pode recorrer da decisão — Foto: Sebastian Feval / AFP
Super.FC | @otempo
25/11/21 - 21h40

O ex-presidente do COB (Comitê Olímpico do Brasil), Carlos Arthur Nuzman foi condenado a 30 anos, 11 meses e oito dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A informação é do portal G1. 
 
Nuzman foi investigado pela operação Unfair Play, sobre a compra de votos para a escolha do Rio como sede das Olimpíadas de 2016. Nuzman ainda pode recorrer da decisão em liberdade. A defesa do ex-presidente disse que Nuzman foi condenado sem provas e que vai recorrer. O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral foi condenado por corrupção passiva. 
 
Presidente do COB por 22 anos, Nuzman foi preso em 2017 por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na casa dele, no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O ex-presidente do COB é suspeito de intermediar a compra de votos de integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) para a eleição do Rio como sede da Olimpíada de 2016. 

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000